Instalando e Configurando o MSN-Proxy

Acredito que muita gente já deve conhecer este aplicativo, e que também já viu vários tutoriais e dicas falando sobre o mesmo, porem resolvi adicionar mais um a tantas outras que existem.

Bem, o msn-proxy é um proxy transparente para clientes MSN Mensenger que permite que você controle e monitore o uso do Messenger em sua rede. Possui as seguintes características:

  • Suporte ao novo protocolo P2P
  • Suporte a acls: “*mycompany@hotma*”
  • Suporte a listas de permissões através de ACLs
  • Suporte a envio de mensagens de controle
  • Suporte a remover/adicionar usuários
  • Suporte a procura por logs de usuários
  • Suporte a remoção de logs de usuários
  • Sistema de visualização de logs de usuários
  • Suporte Messenger 9
  • Monitor em tempo real

sabendo das informações acima, vamos ao que importa.

1 – Pacotes necessários

Para instalar o MSN-Proxy vamos precisar de alguns pacotes que não são instalados por padrão no Ubuntu Server e vamos dividi-los em Contidos nos Repositórios e os Para compilação.

1.1 – Contidos nos Repositórios

php5
apache2
mysql
make
gcc
g++
libmysqlclient15-dev

1.2 – Para Compilação

libevent
msn-proxy

2 – Procedimento de Instalação dos pacotes

2.1 – Contidos nos Repositórios

2.1.1 – instalando o suporte a php

sudo apt-get install php5 libapache2-mod-php5 php5-gd php5-imagick php5-mysql

Sera feita a verificação dos pacotes a serem instalados e suas respectivas de pendencias e vai ser pedido uma confirmação para instalação, aceite e o procedimento de download sera feito, ao termina, sera iniciada a instalação dos pacotes.

2.1.2 – Instalando o Apache v2

sudo apt-get install apache2

novamente sera feita a verificação de dependências e neste caso a instalação sera feita automaticamente.

2.2.3 – Instando o MySQL

sudo apt-get install mysql-server phpmyadmin

como nos outros verificação dos arquivos de instalação e dependências serão feitas, e o phpmyadmin foi adicionado para facilitar a administração do MySQL, a confirmação de instalação vai ser solicitada, confirme.

2.1.4 – Instalando a Lib Libmysqlclient15-dev


sudo apt-get install -f libmysqlclient15-dev

vai ser verificado as dependências e logo em seguida vai ser solicitada confirmação, confirme

2.1.5 – Instalado compiladores

sudo apt-get install make gcc g++

novamente vai ser verificado as dependências e por fim a confirmação, confirme.

3 – Para Compilação

3.1 – Instalando LibEvent

Inicialmente vamos baixar em diretório de sua escolha o pacote do libevent no site oficial acessando a seguinte url:

http://monkey.org/~provos/libevent-1.4.9-stable.tar.gz

3.1.1 – Procedimentos de instalação

Siga os procedimentos abaixo na ordem em que são disponibilizados que provavelmente nada de errado vai acontecer

tar -xvzf libevent-1.4.9-stable.tar.gz

cd  libevent-1.4.9-stable

./configure

make

sudo make install

Finalizando com o comando acima a instalação ainda precisamos fazer uma intervenção no sistema para que a lib que foi instalada seja usada corretamente, para isso vamos proceder da seguinte maneira:

cd /usr/lib

sudo ln -s /usr/local/lib/libevent-1.4.so.2

com isso finalizamos a instalação do libevent.

3.2 – Instalando o MSN-Proxy

Vamos providenciar o download do pacote de instalação acessando o link abaixo:

http://ufpr.dl.sourceforge.net/sourceforge/msn-proxy/msn-proxy-0.7.tar.gz

3.2.1 – Procedimentos de instalação

Siga os procedimentos abaixo na ordem em que são disponibilizados que provavelmente nada de errado vai acontecer

tar -xvzf msn-proxy-0.7.tar.gz

cd msn-proxy-0.7/

antes de iniciarmos a compilação é preciso alterar o arquivo Makefile, já que ele vem configurado para instalações em freebsd e para instalar no linux precisamos fazer o seguinte:

vim Makefile

procurar e comentar as seguintes linhas, deixe como abaixo

# FreeBSD
#MYSQLINC=/usr/local/include
#MYSQLLIB=/usr/local/lib/mysql

procurar e descomentar as seguintes linhas e deixe como abaixo:

# Linux (most)
MYSQLINC=/usr/lib/mysql
MYSQLLIB=/usr/local/mysql/lib/mysql

salve o arquivo e vamos iniciar o procedimento de instalação.

Siga os procedimentos abaixo na ordem em que são disponibilizados que provavelmente nada de errado vai acontecer

3.2.2 – Compilando

make

sudo make install

3.2.2.3 – Copiando arquivos

sudo cp -R php /var/www

sudo mv /var/www/php /var/www/msnproxy

3.2.3 – Editando arquivos de configuração

sudo vim /var/www/msnproxy/mysql.inc.php

Deixe como mostrado abaixo trocando os valores dos campos $user e $pass:

$host = “localhost”
$user = “usuário do banco”
$pass = “sanha do usuario”
$db = “msnproxy”
$port = “3306”

sudo vim /usr/local/etc/msn-proxy/mysql/conf

Deixe como mostrado abaixo trocando os valores dos campos usuario_banco e senha_user_banco:

localhost|3306|usuario_banco|senha_user_banco|msnproxy

sudo vim /etc/php5/apache2/php.ini

Deixe como mostrado abaixo:

safe_mode = On
safe_mode_gid = On
register_globals = On
display_errors = On

4 – Adicionando a Base de Dados e tabelas ao MySQL

O Msn-Proxy trabalha usando uma pequena base de dados que não é criada junto com a instalação, portanto vamos ter que cria-la, usando o phpmyadmin ou por linha de comando, abaixo exemplifico por linha de comando.

Primeiramente vamos acessar a console do MySQL executando:

mysql -u root -p

Para criar a base de dados, é só executar o comando abaixo, lembrando que se quiser mudar o nome da base é só trocar o que esta em msnproxy por um nome a sua escolha:

CREATE DATABASE `msnproxy`;

E finalizando com a saída da console:

quit

5 – Iniciando o MSN-Proxy

Para iniciar o programa vamos executar o seguinte comando:

sudo msn-proxy -d -i

A seguinte mensagem vai ser mostrada:

fail to read mysql config (check defaults table)

se esta mensagem acima for mostra isto quer dizer que nossa base de dados esta criada e que foi populada com as tabeles dos sistema com sucesso porem ainda falta adicionar alguns dados na tabela default para isso vamos seguir os seguintes passo:

mysql -u root -p

use msnproxy;

show tables;

a saída do comando acima tem que ser esta:

+——————–+
| Tables_in_msnproxy |
+——————–+
| contact_groups     |
| contacts           |
| defaults           |
| log                |
| sb                 |
| users              |
+——————–+

Agora vamos inserir os dados que faltam para que o msn-proxy seja corretamente carregado:

INSERT INTO `defaults` ( `internal_host` , `connect` , `save_msg` , `save_contacts` , `commands` , `warnemail` , `warndn` , `warnmsg` , `msgfont` , `msgcolor` ) VALUES (‘192.168.11.250’, ‘YES’, ‘YES’, ‘YES’, ‘0’, ‘administrador@seudominio.com.br’, ‘Administrador do Sistema’, ‘Para sua segurança esta mensagem esta sendo monitorada.’, ‘Arial’, ‘black’);

Com este comando vamos adicionar na tabela default os seguintes dados:

  • IP do servidor que esta instalado o MSN-Proxy
  • O email do Administrador do Sistema
  • A mensagem que sera mostrada ao usuário de que sua seção esta sendo monitorada

PS: troque os campos em negritos por 1- ip do servidor do MSN-Proxy ; 2 – email do administrador do sistema 3- mensagem de monitoria

Agora já podemos iniciar novamente o MSN-Proxy usando o comando:

sudo msn-proxy -d -i &

6 – Direcionando as conexões

Depois de iniciado o serviço os sistema esta no ar, porem ainda não estará gerenciando as conexões,  para isso vamos ter que configurar no servidor a repassagem de pacotes ou IP FORWARD vamos também precisar habilitar o NAT e por fim vamos fazer com que todas as requisições com destino a porta 1863 do MSN seja direcionada para o próprio servidor. Segue abaixo o processo:

6.1 – Habilitando o IP Forward

O comando abaixo habilita o server a fazer a repassagem dos pacotes

sudo sysctl -w net.ipv4.ip_forward=1

para aceitar as configuração executamos:

sudo sysctl -p /etc/sysctl.conf

6.2 – Configurando o NAT

Para configurar o NAT no servidor vamos executar:

sudo iptables -t nat -A POSTROUTING -o eth0 -j MASQUERADE

6.3 – Configurando o redirecionamento do MSN

Vamos executar o seguinte comando:

sudo iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp –dport 1863 -s <ip de rede da rede interna/mascara> -j REDIRECT


7 – acessando a interface de administração

O sistema MSN-Proxy possuí uma interface de administração web que pode ser acessada por qualquer browser apenas o direcionando para a seguinte URL:

http://IP_DO_SERVIDOR/msnproxy

Acessando esse endereço vamos ter acesso a seguinte tela inicial:

Photobucket

Interface bem simples e intuitiva com apenas o link para a tela de configurações gerais e um chebox para que seja mostrados os usuários que estão desconectados. Neste mesma tela vão ser mostrados os contatos que estiverem online na imagem 1 e se o chebox “Mostrar usuários offline” estiver marcado os usuários desconectados também como podemos ver abaixo na imagem 2.

Photobucket

Photobucket

Ainda na tela inicial, podemos interagir com algumas informações disponíveis na tela, uma dessas opções é a “Outras opções” onde vamos poder definir configurações individuais para o usuário como veremos abaixo:

Photobucket

Alem das configurações de bloqueis são disponibilizados informações sobre a “Ultima conexão” do usuário com data e hora e o “Ultimo IP” neste caso sera o IP da maquina da rede interna.

Mais abaixo estão disponíveis como vai se comportar o proxy para aquele usuário como alguns tipos de bloqueios, avisos e log de mensagens e contatos.

7.1 – Configurações Gerais

Nesta tela vamos configurar como o servidor vai se comportar para todos os clientes que vão ser administrados pelo proxy. A tele é a mesma mostrada para a configuração individual dos usuários, porem nesta tudo que for configurado aqui vai ser replicados para todos. Essas configurações só acrescentam as configurações individuais elas não sobrescrevem as opções já marcadas individualmente. A tela foi dividida blocos de configuração como veremos nos tópicos a seguir:

7.1.1 – Opções de Servidor, conexão e log

Photobucket

Neste bloco de configurações vamos poder definir:

  • IP interno do proxy → IP configurado na placa de rede interna;
  • Conexão → Permite que todos os usuários tenham permissão pra logar se a opção “SIM” estiver ativa caso a opção “NÃO” esteja ativa, só usuários cadastrados e ativos;
  • Salvar mensagens → Se habilitado, faz o log todas as mensagens trocadas por todos os clientes
  • Salvar lista de contatos → Se habilitado, salva a lista de contatos de todos os clientes

7.2 – Outras opções

Neste bloco de configurações vamos poder definir:

IP interno do proxy → IP configurado na placa de rede interna

Conexão → Permite que todos os usuários tenham permissão pra logar se a opção “SIM” estiver ativa caso a opção “NÃO” esteja ativa, só usuários cadastrados e ativos

Salvar mensagens → Se habilitado, loga todas as mensagens trocadas por todos os clientes

Salvar lista de contatos → Se habilitado, salva a lista de contatos de todos os clientes

8.2 – Outras opções

Photobucket

Neste bloco de configuração veremos as opções de restrições disponíveis a tela é totalmente explicativa onde podemos destacar o bloqueio de conexão por versão dos clientes MSN, bloqueio de transferência de arquivos, Aviso de monitoramento, Bloqueio de Winks e pedidos de atenção, entre outras.

7.3 – Aviso de monitoramento

Photobucket

Neste ultimo bloco vamos configurar a mensagem que sera enviada ao usuário logo que for mandada a primeira mensagem em chat, avisando que esta sessão esta sendo monitorada, onde podemos informar o email do administrador para possíveis contatos, o nome do administrador e a mensagem que vai ser enviada. Ainda podemos definir que tipo de fonte vai ser utilizada e a cor do texto.

Esta mensagem só sera mostrada se a opção “Avisa ao usuário que a mensagem esta sendo monitorada” do bloco outras opções estiver marcada.

8 – Tela de contatos dos usuários

Nesta tela vamos poder visualizar a lista de contatos dos usuários, tanto os conectados quantos os que estiverem desconectados, a finalidade desta tela é permitir ou bloquear (depende da politica) que o usuário possa falar com um o mais contatos de sua lista de contatos.

Photobucket

9 – Tela de log

Por fim, veremos a tela de log do MSN-Proxy, caso tenha habilitado esta funcionalidade todas a conversas vão ser logadas e vão estar disponíveis como vemos demonstrado abaixo na tela:

Photobucket

10 – Conclusão

Espero que todos tenham exito na implementação desta solução na sua rede, mas se ainda estiver com alguma duvida pode deixar um comentário que na medida do possível vou tentando soluciona-las aqui com vocês.

PS: Se encontrarem algo que não seja coerente comentem para que seja removido ou corrigido.

Anúncios

57 comentários em “Instalando e Configurando o MSN-Proxy

  1. Muito bom o tutorial mas fiz toda a instalação mas quando tento iniciar ele ele da o erro ( cannot init database ) estou tentando no slackware, vc sabe o que pode ser ???
    Obrigado.

  2. Instalei todo o sistema e aparentemente esta funcionando, mais so que faço as conexoes pelo servidor proxy que esta com o squid, a internet esta tudo ok so que acesso o sistema do site de controle e nao aparece ninguem online, e nem a mensagem de monitoramento no msn ou seja não esta havendo controle nenhum… ja utilizei sua regra do iptables e outras da internet e mesmo assim não esta dando certo….

    Alguem passou por isso???

  3. Olá ! Parabéns pelo tutorial. Tenho o msn proxy instalado em um gateway openSuse 11.3 e tudo funciona, porém tenho um erro.
    As mensagens que são inseridas no banco não podem ter acentos ou cedilhas ou aspas, que aparentemente o insert “quebra” e inserea frase até onde tem o caractere especial. Acho que isso é um tratamento do programa, porém to meio perdido em como consertar isso. Alguém tem uma idéia ? Além do erro: Undefined index: in /srv/www/htdocs/msnproxy/user.inc.php on line 167 na tela de monitoção … esse último erro não é tão significativo desde que a msg fosse inserida 100%.. se alguém puder ajudar posta aí.

    Obrigado e abs a todos.

    1. Leandro,

      Como você mesmo disse é um problema da aplicação, porém é uma pena eu não poder ajuda-lo, acredito,

      Este aplicativo é fantástico, mas parou no tempo, os devs não se pronunciaram mais no SourceForge sobre a aplicação e a mesma parou nessa versão que esta ai no post. É uma pena, pois este era fantástico, mas todos nós que ainda utilizamos da ferramenta em algum cliente vamos ter que ou mesmo resolver ou conviver com o erro.

      []´s

  4. Rafael tenho uma dúvida, este tutorial diz respeito ao software sendo utilizado como gateway, correto?

    E como seria o uso dele para capturar os pacotes da rede sem estar na posição de GW?

    1. Filipe,

      Na realidade essa possibilidade eu acredito que não seja possível, já que a conexão do usuário tem que obrigatoriamente passar por ele, ele tem que ser gateway de alguma forma.

      Um teste que você pode fazer é nas configurações do msn tem uma opção onde você configura um proxy para a conexão, você poderia tentar adicionar o ip dessa máquina que roda só o msnproxy e verificar se o msn consegue navegar. Lembrando que essa máquina deve ter acesso irrestrito a internet, pra que a aplicação consiga redirecionar a conexão do usuário para fora de sua rede.

      []´s

  5. Cara, fiz certim, o progama rodo, abri a pagina na web porem nao consigo ver os usuarios, nas configurações a cima, aond esta escrito “localhost” eu ponho o ip da minha maquina que estou fazendo o servidor, ou deicho a escrita localhost ?

    1. Bom, eu deixei como localhost mesmo e aqui funcionou sem problemas, porem vejo que muitos conseguiram instalar porem não conseguem ver os usuários conectados.

      Acredito que esse software é muito bom, porem, os devs não estão dando muito valor ou mesmo trancaram as suas atualizações para as empresas que eles trabalham, então as versões das aplicações que ele usa vão atualizando e ele não.

      Vou ver se procuro algo mais novo nesse sentido ou algo que possa solucionar esse problema, mas de toda forma, a procura tem que ser feita, pois não tive problema utilizando desse passo a passo ai.

      []’s

  6. Na parte de
    INSERT INTO `defaults` ( `internal_host` , `connect` , `save_msg` , `save_contacts` , `commands` , `warnemail` , `warndn` , `warnmsg` , `msgfont` , `msgcolor` ) VALUES (’192.168.11.250′, ‘YES’, ‘YES’, ‘YES’, ’0′, ‘administrador@seudominio.com.br’, ‘Administrador do Sistema’, ‘Para sua segurança esta mensagem esta sendo monitorada.’, ‘Arial’, ‘black’);

    A duvida é sobre os acentos, é usado o ‘ (aspas) , ´ (agudo) ou o ` (crase) ?
    Infelizmente não estou conseguindo difenciar.

    1. Filipe,

      olha posso estar enganado, mas dependo da versão pode ser diferente, não tenho propriedade pra falar sobre, mas tive problemas para saber quais das opções, ma quando fiz este tutorial, e que deu certo foi usando o símbolo como estão descrito, onde os que são crase identificam as tabelas e os que são aspas simples, identificam os dados que vão ser inseridos.

      []’s

  7. Olá, acabo de concluir a instalação conforme o artigo e não ocorreu nenhum erro, mas não está acontecendo nada no meu msn-proxy

    não entra nenhum usuário na lista
    nenhuma estação aparece a mensagem de que está sendo monitorado

    entrei no mysql e as opções que mudo na tela de configuração do msn-proxy está sendo gravada no banco

    não sei o pq não está funcionando

    1. Eu também estou com o mesmo problema que o seu william
      meus logs de conversa estão funcionando mas nao aparece nenhum contato no gerenciador WEB, verifiquei na tabela do banco e os usuários estão lá, é como se o PHP nao estivesse fazendo o select na tabela.

  8. Alguem sabe o porque disso: Notice: Undefined index: in /var/www/msn-proxy/user.inc.php on line 167 ?
    Ja vi outras pessoas em diversos foruns com este problema e o meu começou a apresentar tambem, sera que alguem sabe do que se trata isso?

  9. Tenho um Router Wireless servindo dois outros pontos que o recebem por meio de AP. Todos os equipamentos possuem suporte ao iptables.

    Contudo, preciso usar o msn-proxy nos clientes dos dois APs. E, não teria como deixar uma maquina só para esse fim no endereço do router wireless.

    Sugestão mais eficiente, qual seria?

  10. Estou com um problema no relatório em tempo real, fica aparecendo a seguinte mensagem:

    Notice: Undefined index: in /var/www/msn-proxy/user.inc.php on line 167

    ao invés da conversa. Oque pode ser?

  11. boa tarde a todos
    consegui instalar tranquilo, mas o problema é q esta aparecendo a mensagem “nenhum usuario conectado”
    já fiz as regras do firewall e tambem não resolveu, gostaria de saber se existe mais alguma regra para fazer?
    Grato

  12. bom dia a todos
    consegui instalar tranquilo, mas o problema é q esta aparecendo a mensagem “nenhum usuario conectado”
    já fiz as regras do firewall e tambem não resolveu, gostaria de saber se existe mais alguma regra para fazer?
    Grato

  13. Olá Amigo, instalei o Msn-Proxy e está sendo gerado log de conversas do estilo:

    “2010-05-13 14:42:14 Silvio: Abriu a janela
    2010-05-13 14:42:15 Lú: Respondeu ao convite”

    Isto tem acontecido várias vezes, de tal forma que fica difícil de saber quando realmente há alguma mensagem.

    o que posso fazer?
    Já passou por isso?

  14. Alguem sabe se existe alguma forma de filtrar o que é salvo na tabela de log ? Não existe necessidade de salvar os starts, stop, joins e afins. Gostaria de logar apenas as mensagens, ou essa tabela vai ficar imensa em pouco tempo.

    []’s

  15. Excelente o tutorial… realizei a instalação em um Debian Etch e funcionou tudo perfeito…

    Valew pela dica….

    Está sendo muito útil…

    Obrigado

  16. Muito útil o artigo e fácil de implementar.

    O Msn-Proxy funcionou, pois, consultei a base do mysql e verifiquei que o registro das conversar estão todos lá.

    Só não consegui executar a partir do item 7 – acessando a interface de administração

    após digitar

    http://192.168.2.1/msn-proxy

    recebi a seguinte mensagem no navegador:

    Fatal error: Call to undefined function mysql_connect() in /var/www/msn-proxy/mysql.inc.php on line 28

    Alguém pode me ajudar com isto?

    Observação: Usei a descrição msn-proxy e não msnproxy durante a execução do tutorial.

  17. Ola pessoal instalei o msn-proxy aqui sem nenhum problema a questão é que os usuários que logan no msn nao aparecem na tela de monitoramento oque pode ser ??

  18. Boa tarde.
    Estou tendo um problema com o msn-proxy e gostaria de saber se pode me ajudar.
    Eu tinha o msn-proxy instalado e funcionando no meu servidor (gateway e msn-proxy), as regras do iptables estao Oks, pois funcionvam na versão anterior a 0.7a.
    Seguindo seu tutorial eu consegue fazer as devidas atualizações do programa e o update do banco de dados.
    O programa esta iniciando perfeitamente, sem problemas, mas os usuarios não consegue conectar, aparecendo a seguinte mensagem:

    connected to [messenger.hotmail.com:1863]
    debug: ns client disconnected

    Como eu disse, com a versão anterior funcionava “perfeitamente”, sendo o unico problema era que os contatos apareciam Off. Por isso fiz a atualização, mas agora o erro acima aparece.

    teria como em ajudar?

  19. Ja configurei tudo mas qdo coloca para acessar via browser não aparece nenhum usuario conectado, o que será este erro….Tudo certinho consigo ver as config no msn-proxy, mas nao me mostro os usuario conectados..

    f

  20. No item 3.2.2 – Compilando deu erro, uso ubuntu 9.10 alguem pode me ajudar?

    root@bruno-laptop:/home/bruno/Área de Trabalho/msnProxy/msn-proxy-0.7# make
    cc -g -Wall -O2 -pipe -I/usr/local/include -I/usr/lib/mysql -fno-builtin-log -c msn-proxy.c
    In file included from ns-data.h:24,
    from user.h:31,
    from ns.h:24,
    from msn-proxy.c:26:
    client.h:27:19: error: event.h: Arquivo ou diretório não encontrado
    In file included from ns-data.h:24,
    from user.h:31,
    from ns.h:24,
    from msn-proxy.c:26:
    client.h:35: error: field ‘read’ has incomplete type
    client.h:36: error: field ‘write’ has incomplete type
    client.h:37: error: field ‘listen’ has incomplete type
    In file included from ns-data.h:25,
    from user.h:31,
    from ns.h:24,
    from msn-proxy.c:26:
    server.h:36: error: field ‘read’ has incomplete type
    server.h:37: error: field ‘write’ has incomplete type
    In file included from user.h:32,
    from ns.h:24,
    from msn-proxy.c:26:
    sb-data.h:44: error: field ‘listen’ has incomplete type
    In file included from msn-proxy.c:28:
    ctl.h:33: error: field ‘read’ has incomplete type
    msn-proxy.c: In function ‘cleanup’:
    msn-proxy.c:58: warning: implicit declaration of function ‘event_base_free’
    msn-proxy.c: In function ‘main’:
    msn-proxy.c:242: warning: implicit declaration of function ‘event_init’
    msn-proxy.c:242: warning: assignment makes pointer from integer without a cast
    msn-proxy.c:249: warning: implicit declaration of function ‘event_set’
    msn-proxy.c:249: error: ‘EV_READ’ undeclared (first use in this function)
    msn-proxy.c:249: error: (Each undeclared identifier is reported only once
    msn-proxy.c:249: error: for each function it appears in.)
    msn-proxy.c:249: error: ‘EV_PERSIST’ undeclared (first use in this function)
    msn-proxy.c:250: warning: implicit declaration of function ‘event_add’
    msn-proxy.c:255: warning: implicit declaration of function ‘event_dispatch’
    make: ** [msn-proxy.o] Erro 1

    1. Bom parceiro suponho que na sua rede exista um firewall e neste também deve existir duas placas de redes, na placa de rede interna do firewall, você deve criar um IP virtual.

      Na placa de rede externa do IPcop você coloca um ip na mesma faixa de rede que foi criada no ip virtual do firewall ex:

      IP virtual do firewall: 172.168.1.1/255.255.255.248
      IP na placa de red (externa do IPCop): 172.16.1.2/255.255.255.248

      no firewall libera essa rede para acesso a internet e pronto

      []’s

  21. Gostei muito desse tutorial. Fiz aqui na empresa e funcionou.
    Só estou com um problema. Os meus contatos internos ( minha rede ) recebem a mensagem ” Administrador do Sistema ” que é o aviso de que a conversa está sendo monitorada. Mas os contatos externos não recebem.
    O que pode ser isso ??

    1. Bom Fabio,

      Acredito que deve ser uma característica da aplicação, aqui na empresa funciona assim também e que na realidade, os únicos interessados em saber que a conversa esta sendo monitorada são os funcionários da empresa já que só eles estão usando os equipamentos da empresa para conectar a internet.

      Agora tem aplicações que manda para o contato externo, mas ai são pagas e não sei mesmo como eles fizeram para fazer isso.

      []’s

      1. Cara, a matriz daqui da empresa está com ele instalado e funcionando perfeitamente. A diferença é que lá é Suse e aqui é Ubuntu.
        Sinceramente é muito estranho !!

    1. È Fabio, não sabia desta possibilidade, já que aqui na empresa ele não manda para fora como esta acontecendo com você, mas digo que foi uma agradável noticia esta que você passou, caso você consiga ver com o pessoal da matirz como ou o que eles fizeram para mandar mensagem para fora, não deixa de compartilhar aqui.

      []’s

      1. O interessante é que o pessoal de lá não fez nada de diferente.
        Apesar dos turoriais seguidos não terem sido iguais, as configurações são as mesmas, inclusive as regras de firewall.
        É pra lá de estranho !!!!! Estou pesquisando muito para saber alguma coisa.
        Como posso conseguir o contato do desenvolvedor do MSN-PROXY ?

        Att

  22. ta dando o seguinte o erro no meu

    “http://192.168.0.1/msnproxy”

    Parse error: syntax error, unexpected T_VARIABLE in /var/www/msnproxy/mysql.inc.php on line 24

    olhei no arquivo mysql.inc.php a linha 24 e o $user = “root”;

    so que esse user esta certo tanto que pra conectar no BD uso ele

    alguma dica?

    1. resolvi: tava com erro na linha do localhost , tava faltando “;” no final.

      agora acessou via web, to vendo os usuarios, so que quando vou bloquear algum contato de algum usuario, diz a seguinte mensagem “falha na gravacao da alteracao”, alguem tem alguma ideia do que seja? sera alguma coisa no banco de dados?

      valeu!!!

      1. Bom carbony,

        Olha mata todos os processos relacionados ao msn-proxy e levanta novamente, acredito que isso esteja ocorrendo por ter várias estancias do msn-proxy em execução.

        []’s

  23. Fiz a instalação do msnproxy no Opensuse 11.0 tive de fazer algumas buscas devido a pacotes com nomes diferentes mas consegui chegar até o final seguindo passo-a-passo o tutorial, porém no final sem fazer o redirecionamento tentei entrar na pagina para ver se iria carregar pois não carregou o que pode estar acontecendo?

  24. Pessoal estou com o seguinte problema

    Firewall – 192.168.0.1/24 – Msn-proxy 192.168.0.8/24

    REDIRECIONAMENTO NO FIREWALL

    iptables -t nat -A PREROUTING -s 192.168.0.42/24 -p tcp –dport 1863 -j DNAT –to 192.168.0.8
    iptables -t nat -A POSTROUTING -s 192.168.0.42/24 -d 192.168.0.8 -p tcp –dport 1863 -j SNAT –to 192.168.0.1

    No servidor do msn-proxy da o seguinte erro

    debug: connection from [192.168.0.1]
    connected to [messenger.hotmail.com:1863]
    debug: ns cliente disconnected

    Quando eu coloco o msn-proxy como gateway funciona normal mas quando faço o redirecionamento pelo firewal não vai.

    Será que alguém tem alguma idéia?

    Obrigado

    1. Bom Vitor,

      Realmente não sei o que pode ser, na realidade, eu testei aqui o msn-proxy na mesma máquina que é gateway da minha rede, ele estando em outra máquina, realmente não obtive sucesso ainda.

      Caso você consiga antes, não deixa de postar aqui a solução, ficarei muito agradecido.

      []’s

  25. A instalação ocorreu na boa, mas quando tento acessar a interface web, estou recebendo o erro abaixo:

    Warning: mysql_connect() [function.mysql-connect]: Access denied for user ‘root’@’localhost’ (using password: YES) in /var/www/msnproxy/mysql.inc.php on line 28
    fail to connect to mysql\n

    Já conferi o usuário e senha e eles estão ok, estou usando o root do mysql, tem algum problema?

    eu conectei no mysql:

    mysql -u root -p

    use msnproxy;
    grant all privileges on `msnproxy`.* to `root`@localhost identified by “senha-do-root”;
    flush privileges;

    mas mesmo assim continua, sabe o que pode ser?

    1. Bom companheiro, não conseguir reproduzir o erro. Mas faz uma ré-passagem nas configurações em especial nas configurações dos arquivos localizados no ponto 3.2.3.

      Verifica se existem espaços se as informações sobre usuário e senha estão idênticos, por que isso é problema realmente de usuário e senha mesmo.

      Estou a procura de alguma solução, por que como disse, infelizmente não consegui reproduzir.

  26. Excelente artigo

    So tive que fazer as seguintes modificações.

    sudo iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp -–dport 1863 -s -j REDIRECT

    INSERT INTO `defaults` ( internal_host,connect,save_msg,save_contacts,commands,warnemail,warndn,warnmsg,msgfont,msgcolor) VALUES (’192.168.11.250′, ‘YES’, ‘YES’, ‘YES’, ‘0′, ‘administrador@seudominio.com.br’, ‘Administrador do Sistema’, ‘Para sua segurança esta mensagem esta sendo monitorada.’, ‘Arial’, ‘black’);

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s